Menu

Blogs

Da Cultura





No Café com Letras
22Mar2010 00:00:00
Publicado por: lecysousa


Ler mais | Comentários (0) | Visualizações (364)

SEGUNDA CHAMADA POETAS EN CENA
18Mar2010 00:00:00
Publicado por: lecysousa







SEGUNDA CHAMADA

 

até o dia 30 de março de 2010

 

 

"Poetas En/Cena Volume 4"

(Uma reunião de poemas de poetas brasileiros)

 

Prezado(a) poeta:

 

Estamos novamente nos arvorando a realizar um sonho: o 6º Belô Poético ? Encontro Nacional de Poesia de Belo Horizonte estará acontecendo dias 15, 16, 17 e 18 de julho próximo. E mais uma vez estaremos realizando um livro com trabalhos de poetas de vários estados brasileiros, livro este, que será divulgado durante o evento. A nossa intenção com essa publicação é enriquecer ainda mais o Belô Poético, que a cada ano vem se consolidando no cenário poético nacional. Para tal, a referida coletânea terá o seu lançamento nacional durante o "Sarau Lítero-musical? parte da programação do Encontro", no qual os poetas participantes realizarão a abertura recitando um dos seus poemas. Os poetas incluídos na antologia "Poetas En/Cena Volume 4" estarão automaticamente inscritos no 6o Belô Poético. Maiores informações sobre a programação estará disponível no site: www.belopoetico.com a partir de abril de 2010.

Estamos convidando-o a participar desse projeto, e para isso, seguem as informações abaixo:

 

·         Cada poeta participante terá direito a 04 páginas para expor seus poemas e biografia, a qual não poderá exceder a 30 linhas digitadas.

·         Esse material deverá ser entregue via e-mail ou através de correspondência. Cada autor fará uma revisão antes do livro ir para a gráfica, sendo esta revisão de inteira responsabilidade do autor.

·         O livro terá capa 02 cores, plastificada, em papel supremo 250g, costurado e colado ? miolo: papel Ap 75g.

·         A antecedência desse informativo é para que haja tempo suficiente para a mais perfeita editoração da Antologia, cuidando do conteúdo, assim como o da estética do livro.

·         Cada autor fará um investimento de R$ 390,00 (trezentos e noventa reais) para cobrir os custos gráficos de confecção do livro, que poderá ser pago em 03 (três) parcelas de R$ 130,00 (cento e trinta reais) cada, em forma de cheques nominais a Rogério Salgado da Silva, pré-datado para os dias 15 de abril, 15 de maio e 15 de junho de 2010. 

·         Cada poeta terá direito a 45 exemplares do livro.

 

A importância dessa iniciativa é a divulgação dos poetas, através de um Encontro que tem o seu reconhecimento nacional, o qual precisa de incentivo de todos os poetas, já que é um evento feito de poetas para poetas. Gentileza confirmar interesse em participar deste projeto até o dia 30 de março de 2010, enviando o material  por e-mail. Os cheques deverão ser enviados através de carta registrada para Belô Poético Produções Artísticas e Literárias. Caixa Postal 836 ? Belo Horizonte/MG ? CEP 30.161-970.

Os poetas que não puderem participar do 6o Belô Poético-Encontro Nacional de Poesia, receberão seus exemplares em casa, via correios.

                                              

Rogério Salgado & Virgilene Araújo

Realizadores do "Belô Poético-Encontro Nacional de Poesia"

 

Mais informações: (31) 3464.8213 ? 8421.6827 ? 8416.8175.

e-mail: belopoetico@yahoo.com.br

site: www.belopoetico.com

 

 

 

 

 




Ler mais | Comentários (0) | Visualizações (353)

História kafkiana
13Mar2010 00:00:00
Publicado por: lecysousa
Fiquei sabendo por meio de um jornal impresso e online também que após oitenta anos de sua morte, a república Tcheca acaba de publicar a primeira biografia do escritor Franz Kafka.




Ora, ointenta anos não são oitenta dias raciocinando pelo lado mais dedutivo da história.



Daquele país(Tchecoslováquia) tantos outros escritores surgiram e sumiram nesse intervalinho de tempo. Outros alcançaram a fama como Milan Kundera ( um dos meus escritores prediletos ? o romance ?A vida está em outro lugar? continua sendo um soco em meus rins e pode ter contribuido para que eu ousasse a suposta poesia contemporânea), um poeta virou presidente em Praga, algo impensável nesses trópicos.



Não é pleonasmo dizer que o povo Tcheco consome e produz uma cultura bem próxima da erudição e do acinzentado e frio regime político de outros tempos.



Kafka que, talvez, em sua conturbada existência não tenha imaginado um mundo pop com o atual, onde as biografias são publicadas logo no início da carreira da personalidade, virou autor cult até no Brasil. De tão cultuado e citado, Kafka se transformou num popstar, personagem de palavras cruzadas e é de se estranhar que sua obra não tenha se tornado enredo e alegoria para escola de samba na Marquês de Sapucaí (até agora).



Convenhamos, oitenta anos é um tempo que cabe em lembrança e esquecimento, mas como dizem os esperançados: nunca é suficientemente tarde. Por exemplo, Maria Quitéria foi uma mulher que ajudou a construir a História do Brasil. Em cem anos ninguém se ofereceu para escrever uma biografia dessa personalidade (não olhem para mim). Hoje há presidentes vivos tendo suas histórias de vida filmadas e exibidas nos cinemas com bilheteria, é lógico.



Algumas biografias são escritas por conveniência, outras por status, outras pelo prazer proporcionado ao biografado. Há biografias para cães, gatos, cavalos, etc. Como podemos notar biografia não é bicho de uma cabeça só.



Mas oitenta anos para se escrever uma biografia de Franz Kafka em sua terra natal? Falta de competência seria a mais esculachada das desculpas.



Um autor que é lembrado por adolescentes pelo personagem que, um ?belo dia?, acordou transformado numa barata. É impossível não se surpreender com a súbita mutação do personagem Gregor Samsa. Obviamente Kafka vai além de ?A Metamorfose?.



Bom será se não precisarmos esperar as mesmas oito décadas para lermos uma tradução competente para o Português da biografia desse autor que teve curta existência física para os padrões europeus, mas marcou leitores do mundo inteiro com sua criatividade literária.

Ler mais | Comentários (0) | Visualizações (321)

Isso aqui não é Bervely Hills
10Mar2010 00:00:00
Publicado por: lecysousa
Nada de holofotes dos estúdios da Metro Goldwin Mayer em Hollywood. Não há leão rugindo. Se houvesse, seria fugido do circo.



Onde os olhos violeta de Elizabeth Taylor, a boca de Judge Garland, o topete brilhantinado de James Dean? Nenhum ataque de índios apaches. As lembranças são das balas Apache e Chita, essa última lembrando Tarzan. E as balas-doces nem passam perto das balas de fuzis e escopetas que passam zunindo e se alojam nas paredes dos barracos. Na televisão, mais um episódio da série Barrados no Baile e seus atores e atrizes no maior apuro fashion. Mas, lá fora, quem barra tudo e impede a subida no morro são as gangues de bandidos ordinários.



Ao menos no quarto há certo glamour: pôsteres de divas da música, um computador velho, mas passando e-mail, livros comprados com o dinheiro de um trabalho honesto, um telefone sem fio, um aparelho de som com o rádio ligado. Numa cama de metal com design moderno e sobre um colchão ortopédico, uma pessoa deitada de bruços, o braço esquerdo sustentando a cabeça e lágrimas rolando ininterruptas dos seus olhos. No chão de cerâmica rústica, uma caneta que caíra da sua mão direita e um bloco de papel onde o que aparentava ser uma carta foi escrito. Assim começava: "Eu quero ficar com você em todo lugar..."



No rádio, volume alto, rolava a música Everywhere do grupo Fletwood Mac.



Começava mais uma noite na favela.


Fleetwood Mac - Everywhere
Enviado por jpdc11. - Ver os últimos vídeos de musica em destaque

Ler mais | Comentários (0) | Visualizações (341)

Postais Poéticos
07Mar2010 00:00:00
Publicado por: lecysousa


Ler mais | Comentários (0) | Visualizações (348)


1 a 5 de 8 Primeiro | Anterior | Seguinte | Último |