Menu

Blogs

Da Cultura





Sobre ou sob a condição humana dos poetas
24Fev2009 00:00:00
Publicado por: lecysousa

 

 By Lecy Pereira Sousa

Desde tenra idade muito me perguntava se poetas e romancistas existiam em carne e osso.

 

Ficava-me a dúvida se eles redigiam um livro, publicavam para que a massa leiga comprasse e depois retornavam ao plano etéreo onde viviam sem saber o que é sentir vontade de urinar ou aliviar o portal de saída do intestino, algo assim como o Cristo ressuscitado pintado por J J Benitez em "Operação Cavalo de Tróia".

 

A medida em que minha ignorância acerca do comportamento humano foi diminuindo e a idealização romântica foi montando num jegue passei a entender que há escritores que gostam de convivência social e há outros que não suportam o público. Também há aqueles que só se comunicam com pessoas que têm sua mesma formação escolástica e condenam aos infernos aqueles que estão no seguimento social inferior. Eu pensava que a idéia preconceituosa de castas só imperava na Índia. Depois descobri que alguns escritores fantásticos são tão preconceituosos quanto eu posso ser relativamente a determinados temas.

 

Há poucos dias recebi a ligação telefônica de um jovem que deseja seguir a "carreira" de poeta. Como é do meu feitio fui logo lhe atendendo de forma descontraída. Ele ficou surpreso porque em seu imaginário todos escritores são pessoas incrivelmente mau humoradas e indispostas para dialogarem com pessoas que não são do seu convívio. Ele também disse que tentou se comunicar com poetas ditos consagrados e nenhum deles sequer respondeu ao e-mail ou seja lá qual outro meio de comunicação utilizara.

 

Tudo bem que o anonimato é assegurado por lei. Ninguém é obrigado a reportar ao contato de ninguém se não for da sua vontade própria. Porém, o silêncio de um poeta ou seu comportamento arredio pode afastar um jovem promissor do caminho das letras, até porque algumas pessoas costumam julgar a parte pelo todo. De alguma forma eu joguei a idealização do rapaz por água abaixo. Onde ele esperava encontrar um encastelado, achou um embarracado. Onde ele esperava encontrar um metido a sábio, achou um metido a besta. Onde ele esperava encontrar um semideus, achou um homem comum, um anti-herói, um sujeito que escreve seus textos a revelia do deslumbramento. A esse rapaz que cedo ou tarde terá que confrontar a si mesmo acerca do que deseja como ideal de vida entreguei algumas publicações de jornais e de outros poetas. Ainda lhe disse que o mundo literário é assim mesmo :repleto de leituras silenciosas e que muitas vezes esse silêncio pode revelar um esnobismo estrábico ou uma refinada deselegância.

Enfim, eu disse ao rapaz que tomasse sua cruz e seguisse o caminho com uma pedra no meio como cita um óraculo poético. Ele deixou comigo uma pasta contendo poemas que, segundo o mesmo, não conseguiu inscrever num concurso estadual por mero problema burocrático. Assim começam os desafios.



 

Ler mais | Comentários (0) | Visualizações (202)

Lançamento de livro do Javert
13Fev2009 00:00:00
Publicado por: lecysousa


Disponível o flyer do lançamento do Livro ESTE SOL RASGADO
do poeta Javert Denilson.

LdeM



Ler mais | Comentários (0) | Visualizações (225)

Ecos - Flor - ais
11Fev2009 00:00:00
Publicado por: lecysousa


Ecos -Flor - ais

 

                                                                                                           By Lecy Pereira Sousa

 

 

Vamos pra guerra?

Não. Quero paz.

Óia flor ali

Óia flor ali

Óia flor ali

flowersflowersflowersflowers

flowersflowersflowersflowers

ésflorésflorésflorésflorésflor

ésflorésflorésflorésflorésflor

flyflyflyflyflyflyflyflyflyflyfly

flyflyflyflyflyflyflyflyflyflyfly

Óia flor ali

Óia flor ali

Óia flor ali

Vamos pra guerra?

Não. Quero paz.




Veja quais são os assuntos do momento no Yahoo! + Buscados: Top 10 - Celebridades - Música - Esportes

Ler mais | Comentários (0) | Visualizações (137)

Copa do Mundo de 2014 poderá acontecer no além
11Fev2009 00:00:00
Publicado por: lecysousa

Pelo menos é o que pode se esperar segundo as estimativas matemáticas do escritor Patrick Geryl.


Autor de vários livros de sucesso (autores estrangeiros têm mais chances de virarem best-sellers), Mr.Geryl chocou o mundo com o livro "A Profecia de Orion" que, embora siga a linha comercial de livros apocalípticos, tem o diferencial de se valer de projeções matemáticas para estipular o ano de 2012, mais precisamente o mês de dezembro (é bom antecipar as comemorações do Natal ocidental) como o mais devastador da humanidade em dois mil anos de contagem do tempo segundo os romanos. As pesquisas do escritor se desdobraram em mais dois outros livros já publicados.


Utilizando os recursos tecnológicos e a boa comunicação entre seus pares, Geryl teria decifrado as previsões do calendário do povo Maia para o futuro e elas não são nada boas. Aliás, quaisquer previsões após o ano 2000 só apontam para tragédias, catástrofes e destruição em massa de seres humanos. A própria Bíblia dos cristãos é pródiga em projetar derramamento de sangue (a coisa começou com Caim assassinando seu irmão bonzinho), ranger de dentes e morte em escala terminal, ou seja, redundância plena, o completo extermínio da raça humana da superfície terrestre. De maneira que quem pretende ir para o espaço sideral tem pouco tempo para arrumar as malas. Ninguém compra livros que dizem que a humanidade ficará cada vez melhor e que o mundo experimentará paz duradoura. O livro de Geryl aponta o ano de 2012 como o ano em que a Terra se cansará de ficar nessa posição de Polo Norte e Polo Sul e reverterá as coisas. Com essa atitude radical países como EUA e Canadá se transformarão em gelo puro e países e cidades costeiras poderão enfrentar ondas de 1 Km de altura. Essas serão as ondas dos sonhos ou dos pesadelos de qualquer surfista. Se der tempo elas poderão ser filmadas e colocadas no Youtube, isso para quem escolher entrar no outro mundo navegando na Internet, se todo o magnetismo terrestre não interromper para sempre quaisquer tipos de conexões. Claro que esse malabarismo do planeta também ativará todos os vulcões e, se nenhum grande líder mundial tomar providências antecipadas os arsenais atômicos serão detonados sem a vontade humana. A isso poderemos chamar de coquetel para as estrelas. Tal cenário de destruição será de arrepiar os pêlos do ânus de qualquer pessoa emocionalmente menos preparada para tamanha tragédia Será a hora do sorriso irônico daqueles velhinhos que andam pelas ruas com uma plaquinha contendo os dizeres: "O fim está próximo".


O próprio Geryl, naturalmente e absolutamente ele crê no que está divulgando, tem formado grupos para buscarem mecanismos de sobrevivência pós catástrofe. Ele também criou um site com esse objetivo. Se você tem idéias salvadoras entre em http://www.howtosurvive2012.com/ . Se você quiser bater um papinho com Geryl antes que tudo acabe envie e-mail para

patrick.gery@skynet.be
Como bem sabemos, a televisão dos povos muito, muito, muito antigos era o céu e esse próprio céu "dizia", com a movimentação das estrelas, quando se aproximava uma época disso ou daquilo. Eles eram tão hábeis nisso que o que diziam se confirmava como profecia. Dessa forma, o povo atlante conseguiu prever sua própria destruição com precisão matemática. Isso deixou Patrick Geryl suficientemente intrigado a ponto de redigir a trilogia do ano 2012.


Portanto, enfim, quem viver verá a confirmação ou a desmistificação e como dizia o ator Jack Palance, que já morreu e não precisa mais tolerar qualquer tipo de previsão: "Acredite, se quiser."


Por via das dúvidas seria bom antecipar as compras do Natal de 2012 sob a pena de adiá-las para sempre. Com o fim do mundo em dezembro de 2012 os comerciantes teriam um prejuízo em torno de 100 por cento, o maior de todos os tempos.


Como dizem os imediatistas: "Não deixe para amanhã o que pode ser feito hoje". E os procrastinadores respondem: "Deixa o mundo acabar em paz!"


Mas o assunto é futebol. São Pedro que vá se preparando para receber as delegações do mundo inteiro, sem falar nas torcidas organizadas. A hospedagem será eterna...Todos juntos vamos pra frente...

------------------------------------------------------------------------------

Lecy Pereira Sousa




Ler mais | Comentários (0) | Visualizações (415)

Ecos - Flor - ais
11Fev2009 00:00:00
Publicado por: lecysousa


Ecos -Flor - ais

 

                                                                                                           By Lecy Pereira Sousa

 

 

Vamos pra guerra?

Não. Quero paz.

Óia flor ali

Óia flor ali

Óia flor ali

flowersflowersflowersflowers

flowersflowersflowersflowers

ésflorésflorésflorésflorésflor

ésflorésflorésflorésflorésflor

flyflyflyflyflyflyflyflyflyflyfly

flyflyflyflyflyflyflyflyflyflyfly

Óia flor ali

Óia flor ali

Óia flor ali

Vamos pra guerra?

Não. Quero paz.




Veja quais são os assuntos do momento no Yahoo! + Buscados: Top 10 - Celebridades - Música - Esportes

Ler mais | Comentários (0) | Visualizações (661)


1 a 5 de 14 Primeiro | Anterior | Seguinte | Último |